Vitória Setúbal 0x5 FC Porto: Noite de goleada e tempestade com Bo(m)fim (CRÓNICA COM VÍDEOS)

Vitória Setúbal 0x5 FC Porto: Noite de goleada e tempestade com Bo(m)fim (CRÓNICA COM VÍDEOS)

10 Dezembro, 2017 Não Por Joana Quintas

Vitória Setúbal 0x5 FC Porto | Liga NOS, 14ª jornada

O FC Porto igualou novamente o Sporting no topo da tabela ao vencer esta noite o Vitória de Setúbal por cinco bolas a zero. Depois de verem os adversários diretos na luta pelo título vencerem as suas partidas ontem, os dragões entraram hoje em campo com o objetivo de regressar às vitórias na liga para se voltarem a instalar no primeiro lugar. E conseguiram.

Com duas surpresas no onze inicial, Maxi Pereira e Reyes, a formação azul e branca foi ao Bonfim defrontar um Setúbal aflito na luta pela manutenção. Frente a frente, duas equipas a precisar de pontos, embora com objectivos diferentes no horizonte. Edinho foi o primeiro a criar perigo, ao aparecer solto na frente, mas acabou por perder demasiado tempo e permitir a José Sá aparecer para a defesa. Do outro lado, foi Aboubakar a chegar-se à frente, com um cabeceamento que saiu ligeiramente por cima da barra da baliza de Cristiano. À passagem da meia hora, o golo acabou por surgir para o FC Porto. Aboubakar desviou de cabeça um canto de Alex Telles e fez o primeiro da noite.

Menos de dez minutos depois, e com uma ameaça de Danilo pelo meio, foi a vez de Marega aumentar a vantagem dos dragões. Depois de um primeiro remate de Aboubakar e alguma confusão na área, a bola acabou por aparecer na frente de Marega, que só teve que encostar para o fundo da baliza. Estava feito o 0x2.

O terceiro da partida chegou ainda antes do final da primeira parte e no seguimento da conversão de uma grande penalidade. Vasco Fernandes fez falta sobre Aboubakar na área e Tiago Martins, que estava mesmo em cima do lance, assinalou de imediato o castigo máximo. A decisão foi, ainda assim, submetida à análise do vídeo árbitro, que confirmou o penalti a favor do FC Porto. O avançado camaronês foi chamado a converter, bisou na partida e levou a equipa para o descanso com o resultado em 0x3.

A superioridade do FC Porto na partida voltou a fazer-se notar no segundo tempo, mas João Teixeira ainda tentou surpreender José Sá, aos 60 minutos, com um bom remate de fora da área. A bola acabou por passar perto do poste. E, numa noite inspirada, foi Aboubakar que voltou a aparecer para marcar o quarto do jogo e fazer o hat-trick, aos 70 minutos. O camaronês igualou assim Bas Dost na corrida para melhor marcador, estando ambos a dividir o segundo lugar, atrás de Jonas.

Aos 83 o marcador mexeu novamente, pela última vez na noite, e novamente com um golo africano. Marega apareceu solto na frente, picou por cima de Cristiano, bisou na partida e fechou o marcador nos 0x5 finais.

Os dragões asseguraram assim o regresso ao topo da tabela, igualando novamente o Sporting que ficou isolado à condição depois da vitória de ontem. Depois de dois empates para o campeonato e de vitória clara sobre o Mónaco e passagem aos oitavos de final da Liga dos Campeões, o FC Porto soma agora 36 pontos na Liga NOS e continua na perseguição ao título.