Ténis | Nadal cada vez mais número 1, mas Djokovic é o grande vencedor da semana

Ténis | Nadal cada vez mais número 1, mas Djokovic é o grande vencedor da semana

16 Julho, 2018 Não Por Gonçalo Ferreira da Silva

Finalizada a edição deste ano de Wimbledon, o mais emblemático torneio em relva no mundo do ténis, com Novak Djokovic a mostrar-se melhor que todos os outros e a levar o troféu para casa, a Associação de Tenistas Profissionais (ATP) procedeu aos devidos ajustes no ranking de singulares masculinos, seguindo o habitual modelo de correferência com as performances do ano transato.

Neste particular, o grande destaque vai mesmo para o vencedor deste ano, Novak Djokovic, que, após dois anos muito cinzentos em que foi assolado por lesões e instabilidade a vários níveis, conseguiu o seu 13.º título em torneios do Grand Slam, feito que lhe valeu uma impressionante subida do 21.º posto para o 10.º posto do ranking (correspondente a um ganho de 1640 pontos), entrando, de novo, no top-10. Nole parece, assim, estar mesmo de volta para rivalizar com Rafael Nadal e Roger Federer.

Por falar em Federer, o suíço protagonizou a grande queda desta semana (1640 pontos), justificada pela eliminação nos quartos de final de Wimbledon (face à vitória em 2017), queda esta que, contudo, não foi suficiente para lhe retirar o 2.º lugar do ranking. Não obstante, o Maestro viu o arquirrival Rafael Nadal disparar ainda mais na liderança do ranking (somou mais 540 pontos) em função da excelente performance na relva de Londres (superfície em que, por tradição, sente mais dificuldades em ser bem-sucedido), onde atingiu as meias-finais (face à desapontante 4.ª ronda em 2017), perdendo apenas para o vencedor do torneio, Djokovic.

De salientar, ainda, as subidas do sul-africano Kevin Anderson (finalista vencido no All England Club), do 8.º posto para o 5.º posto do ranking, e de Kei Nishikori, do 28.º posto para o 20.º posto do ranking. Pela negativa, evidenciou-se Sam Querrey, que caiu do 13.º posto para o 28.º posto do ranking, após se ter ficado pela 3.ª ronda de Wimbledon, quando, no ano passado, tinha logrado atingir as meias-finais. Também Alexander Zverev, Dominic Thiem e Marin Čilić desiludiram no terceiro torneio do Grand Slam do ano, ainda que tal não se tenha refletido de um modo muito notório no ranking.

Confira o top-10 do ranking ATP desta semana: