Sporting 2×0 Feirense: ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA

Sporting 2×0 Feirense: ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA

11 Fevereiro, 2018 Não Por Alexandre Barata

Onze do Sporting: Rui Patrício; Piccini, Coates, Mathieu e Bruno César; William, Bruno Fernandes, Gelson e Bryan Ruiz; Montero e Doumbia.

Onze do Feirense: Caio Secco; Jean Sony, Flávio Ramos, Luís Rocha e Kakuba; Luís Aurélio e Babanco; Luís Machado, Tiago Silva e Edson Farias; João Silva.

Banco do Sporting: Battaglia, Rafael Leão, Lumor, Josip Misic, André Pinto, Ruben Ribeiro, Salin.

Banco do Feirense: Antonio Briseno, Graça, Anastasios Karamanos, Kiki, Michal Miskiewicz, Jose Valencia, Zé Manuel.

O jogo começou com um Sporting ofensivo e dominante, com oportunidades de Doumbia logo aos 6 minutos, e Mathieu aos 8 minutos de livre e recarga de Bruno César, a obrigar Caio Secco a uma dupla defesa.

Babanco leva amarelo aos 10′ e falha assim o confronto contra o Portimonense. O jogo continuou com mais duas defesas de grande nível do guarda redes visitante aos 13′ a remate de Doumbia e aos 14′ a um grande pontapé de Bryan Ruiz.

Aos 18 minutos surge o golo de Doumbia que, após revisão do VAR, é anulado por uma falta ligada ao começo do lance.

Aos 29′ mais uma grande oportunidade para os Leões onde Montero cabeceou para (mais) uma grande defesa de Caio Secco, que continuava a fazer um grande jogo.Já à meia hora de jogo foi a vez de Rui Patrício brilhar com uma boa defesa a cabeceamento de João Silva.

Aos 34′ sai amarelo para Jean Sony por falta sobre Bruno César e aos 35′ amarelo para o guardião do Feirense por demorar a bater o pontapé de baliza.

Aos 41 minutos Mathieu de livre outra vez e mais uma vez Caio a mostrar serviço.

Ainda ouve tempo para lance polémico com o árbitro a assinalar penálti a favor do Sporting, mas o VAR mostrou que o defesa do Feirense cortou o remate com a cabeça, anulando assim a decisão.

A primeira parte acaba assim com um Sporting dominante e cheio de oportunidades por realizar, com grande mérito para Caio Secco, a impedir que a equipa da casa seguisse com vantagem para o intervalo.

A segunda parte começou sem mudanças nas duas formações e logo aos 49 minutos amarelo para Piccini.

A primeira oportunidade da segunda parte cabe a Doumbia, mas Caio Secco a acrescentar mais um grande momento a este jogo.

Tiago Silva, médio do Feirense, leva amarelo aos 57 minutos. O jogo continuava com várias oportunidades para o Sporting que não chegava ao golo.

William Carvalho vê amarelo aos 63′, para o lado do Sporting, e Luís Machado aos 66′, para o lado do Feirense num jogo que se tornava cada vez mais físico.

Aos 69′ entra o jovem Rafael Leão por Bryan Ruiz, que logo aos 70′ obriga Caio a uma boa defesa e na recarga centra para golo de Gelson, que é anulado por fora-de-jogo.

Edson Farías a obrigar Rui Patrício a uma grande intervenção que ainda bate no poste, sendo a melhjor oportunidade do Feirense até ao momento.

Lumor estreia-se pelo Sporting, com a saída de Bruno César, e do lado visitante estreia-se Zé Manuel que entra por Luís Machado.

O jogo continuava a intensificar-se a nível físico quando Edson Farías por conduta antidesportiva em relação a Bruno Fernandes leva amarelo.

Aos 78 minutos surge finalmente o golo para o Sporting que tanto o procurou com uma assistência de Coates com a cara após um canto, e William a colocar a bola no fundo das redes, manchando assim a grande exibição de Caio Secco até ao momento.

Após o Feirense seguir jogo, Bruno Fernandes leva amarelo por parar a jogada de ataque da equipa de Santa Maria da Feira. No Sporting esgotam-se as substituições com a entrada de Battaglia a render Doumbia, para fortalecer o meio-campo dos Leões.

84 minutos e surge dupla substituição no lado do Feirense com a entrada de Anastasios Karamanos e Jose Valencia para o ataque, e a saída de Edson Farias e Babanco.

Rui Patrício recebe o amarelo aos 87′ após demorar no pontapé de baliza.

Aos 90′ Montero a passe de Gelson, num contra-ataque rápido marca o seu primeiro golo desde do regresso ao Sporting estabelecendo assim o 2-0 final.

Nos descontos ainda deu tempo para Bruno Fernandes desperdiçar frente a Caio Secco rematando ao lado.

O Sporting regressa assim às vitórias e a marcar posição, estando empatado em pontos com o Benfica (53) e a dois do Porto, que não perderam pontos nesta jornada.