Premier League: Mourinho abdica de vencer e Guardiola agradeceu com ‘chapa 7’

Premier League: Mourinho abdica de vencer e Guardiola agradeceu com ‘chapa 7’

15 Outubro, 2017 Não Por Diogo Lima

Jogou-se ontem à tarde a oitava jornada da Premier League 2017/18, com um menu de jogos a agradar a qualquer vista. A jornada foi aberta com um Liverpool-Man United, com um Manchester City goleador e com um Chelsea a ser surpreendido pelo último classificado.

Liverpool 0 vs 0 Manchester United:

Como está escrito no título do artigo, José Mourinho abdicou de vencer. O jogo foi escrito e desenhado pelo técnico português, que mostrou claros sinais de sair de Anfield satisfeito com 1 ponto e com um segundo lugar. A equipa do Manchester United entrou na partida em claro ‘Modo Defensivo’, abdicando até da posse de bola e deixando o Liverpool jogar. Apenas à passagem da meia hora foi possível colocar o sangue a correr com mais intensidade no corpo dos adeptos, com David De Gea a salvar os ‘Red Devils’ do golo, com uma defesa extraordinária. A única oportunidade de golo para os visitantes foi ao minuto 44, com Lukaku a rematar muito forte, mas à figura de Mignotel.

Na segunda parte, foi mais do mesmo… O Liverpool por cima, com bola e a criar alguns pequenos “fogos” que rapidamente foram apagados pela concentração inquestionável de Smalling e Phil Jonas na partida. Apenas Emre Can teve uma verdadeira chance de golo, mas rematou muito por cima da baliza.

José Mourinho ainda lancou Rashford e Lingard para tentar surpreender no contra-ataque, mas a profundidade foi claramente controlada pelos defesas de Jurgen Klopp. Um clássico marcado pela falta de riscos corridos por ambas as equipas, mas com um pragmatismo claro de José Mourinho.

https://streamable.com/8ba2m

Manchester City 7 vs 2 Stoke City 

(Gabriel Jesus 17´e 55´ Sterling 19´, David Silva 27´ , Diouf 44´, Walker 47´AG, Fernandinho 61´, Leroy Sané 62´ e Bernardo Silva 79´):

Mais uma exibição de gala da equipa de Pep Guardiola, que com este resultado voa diretamente para a liderança isolada da Premier League! O jogo começou muito bem para a equipa do técnico espanhol, com Gabriel Jesus, Sterling e David Silva a darem uma vantagem de 3 golos aos ‘citiziens’. Quando se pensava que viria uma goleada a caminho (algo que acabou por chegar, mas em outros moldes), o Stoke City surpreendeu e por duas vezes introduziu a bola na baliza de Ederson, que nada pôde fazer em ambos os golos. Algum azar para a equipa da casa em ambos os lances. O jogo estava reaberto, mas foi então que apareceu o senhor Kevin De Bruyne! Sim, o senhor. O patrão. O “Boss” do jogo do Etihad. Que classe em todos os momentos em que toca na bola. Esteve presente no lance do 4-2, do 5-2 (Que é um golo de outro mundo do Fernandinho) e no 6-2. Em todos!

Com o resultado feito e a goleada consumada, houve ainda tempo para que o português Bernardo Silva pudesse assinar o seu primeiro golo com esta camisola. Um bom passe de Sterling e com muita frieza e inteligência, o médio tantas vezes elogiado pelo seu treinador, desviou a bola do guarda-redes. Resultado fechado, liderança assumida e os adeptos a saírem, uma vez mais, satisfeitos do estádio. Missão cumprida!

https://streamable.com/zvbmk

Crystal Palace 2 vs 1 Chelsea

(Azpilicueta 11´AG, Bakayoko 18´ e Zaha 45´):

A surpresa do dia, chegou-nos do dérbi londrino entre o Crystal Palace e o Chelsea. O Crystal Palace era último classificado e não havia ainda marcado qualquer golo nesta edição da Premier League. Não há muito a dizer sobre este jogo. Parece cada vez mais clara a tensão entre Conte e os elementos da estrutura do clube. A equipa parece desligada do seu habitual futebol. O Crystal Palace, por sua vez, usou a raiva dos últimos jogos para brilhar neste jogo importante para os seus adeptos. Fizeram os seus dois primeiros golos na Premier League, somaram os seus primeiros 3 pontos e agora veremos como lidam com um calendário menos complicado em relação ao que tem sido.

https://streamable.com/vtqx4

Restantes Resultados:

Tottenham Hotspur FC 1 vs 0 AFC Bournemouth (Eriksen 47´).

Swansea City 2 vs 0 Huddersfield (Tammy Abraham 42′ e 48′).

Burnley 1 vs 1 West Ham ( Michail Antonio 19′ e Chris Wood 85′).

Watford 9 vs 9 Arsenal (Mertesacker 39′)