Estás aqui!
Home > Futebol Internacional > Premier League: Mourinho abdica de vencer e Guardiola agradeceu com ‘chapa 7’

Premier League: Mourinho abdica de vencer e Guardiola agradeceu com ‘chapa 7’

Jogou-se ontem à tarde a oitava jornada da Premier League 2017/18, com um menu de jogos a agradar a qualquer vista. A jornada foi aberta com um Liverpool-Man United, com um Manchester City goleador e com um Chelsea a ser surpreendido pelo último classificado.

Liverpool 0 vs 0 Manchester United:

Como está escrito no título do artigo, José Mourinho abdicou de vencer. O jogo foi escrito e desenhado pelo técnico português, que mostrou claros sinais de sair de Anfield satisfeito com 1 ponto e com um segundo lugar. A equipa do Manchester United entrou na partida em claro ‘Modo Defensivo’, abdicando até da posse de bola e deixando o Liverpool jogar. Apenas à passagem da meia hora foi possível colocar o sangue a correr com mais intensidade no corpo dos adeptos, com David De Gea a salvar os ‘Red Devils’ do golo, com uma defesa extraordinária. A única oportunidade de golo para os visitantes foi ao minuto 44, com Lukaku a rematar muito forte, mas à figura de Mignotel.

Na segunda parte, foi mais do mesmo… O Liverpool por cima, com bola e a criar alguns pequenos “fogos” que rapidamente foram apagados pela concentração inquestionável de Smalling e Phil Jonas na partida. Apenas Emre Can teve uma verdadeira chance de golo, mas rematou muito por cima da baliza.

José Mourinho ainda lancou Rashford e Lingard para tentar surpreender no contra-ataque, mas a profundidade foi claramente controlada pelos defesas de Jurgen Klopp. Um clássico marcado pela falta de riscos corridos por ambas as equipas, mas com um pragmatismo claro de José Mourinho.

Manchester City 7 vs 2 Stoke City 

(Gabriel Jesus 17´e 55´ Sterling 19´, David Silva 27´ , Diouf 44´, Walker 47´AG, Fernandinho 61´, Leroy Sané 62´ e Bernardo Silva 79´):

Mais uma exibição de gala da equipa de Pep Guardiola, que com este resultado voa diretamente para a liderança isolada da Premier League! O jogo começou muito bem para a equipa do técnico espanhol, com Gabriel Jesus, Sterling e David Silva a darem uma vantagem de 3 golos aos ‘citiziens’. Quando se pensava que viria uma goleada a caminho (algo que acabou por chegar, mas em outros moldes), o Stoke City surpreendeu e por duas vezes introduziu a bola na baliza de Ederson, que nada pôde fazer em ambos os golos. Algum azar para a equipa da casa em ambos os lances. O jogo estava reaberto, mas foi então que apareceu o senhor Kevin De Bruyne! Sim, o senhor. O patrão. O “Boss” do jogo do Etihad. Que classe em todos os momentos em que toca na bola. Esteve presente no lance do 4-2, do 5-2 (Que é um golo de outro mundo do Fernandinho) e no 6-2. Em todos!

Com o resultado feito e a goleada consumada, houve ainda tempo para que o português Bernardo Silva pudesse assinar o seu primeiro golo com esta camisola. Um bom passe de Sterling e com muita frieza e inteligência, o médio tantas vezes elogiado pelo seu treinador, desviou a bola do guarda-redes. Resultado fechado, liderança assumida e os adeptos a saírem, uma vez mais, satisfeitos do estádio. Missão cumprida!

Crystal Palace 2 vs 1 Chelsea

(Azpilicueta 11´AG, Bakayoko 18´ e Zaha 45´):

A surpresa do dia, chegou-nos do dérbi londrino entre o Crystal Palace e o Chelsea. O Crystal Palace era último classificado e não havia ainda marcado qualquer golo nesta edição da Premier League. Não há muito a dizer sobre este jogo. Parece cada vez mais clara a tensão entre Conte e os elementos da estrutura do clube. A equipa parece desligada do seu habitual futebol. O Crystal Palace, por sua vez, usou a raiva dos últimos jogos para brilhar neste jogo importante para os seus adeptos. Fizeram os seus dois primeiros golos na Premier League, somaram os seus primeiros 3 pontos e agora veremos como lidam com um calendário menos complicado em relação ao que tem sido.

Restantes Resultados:

Tottenham Hotspur FC 1 vs 0 AFC Bournemouth (Eriksen 47´).

Swansea City 2 vs 0 Huddersfield (Tammy Abraham 42′ e 48′).

Burnley 1 vs 1 West Ham ( Michail Antonio 19′ e Chris Wood 85′).

Watford 9 vs 9 Arsenal (Mertesacker 39′)

Deixe uma resposta

Top