Estás aqui!
Home > Arouca > Polémica no Túnel de Alvalade – novos desenvolvimentos

Polémica no Túnel de Alvalade – novos desenvolvimentos

Após Carlos Pinho, presidente do Arouca, em entrevista à TSF na passada 3.ªf, ter reafirmado as acusações de ter sido alvo de uma “espera” por parte de Bruno de Carvalho, o Sporting decidiu reagir às acusações. O presidente do Arouca voltou a alegar ter sido cuspido na cara por parte do homólogo do Sporting (“Cuspiu-me, eu senti e limpei, que era para o meu filho que estava ao lado não ver”), o qual defende que apenas lhe dirigiu uma baforada de cigarro eletrónico, acusação que não é esclarecida pela imagens de videovigilância tornadas públicas.

O Sporting vai assim pedir à Comissão de Inquéritos da Liga que promova um encontro entre os dois presidentes para esclarecer presencialmente toda esta situação e apurar a verdade dos factos de uma vez por todas. Para além disso, o clube de Alvalade prepara-se para mover um processo cível contra Carlos Pinho.

Esta polémica ressurge em plena campanha eleitoral no Sporting e a candidatura do atual presidente espera que tal não afete os resultados da votação a decorrer já no dia 4 de Março. Se fosse por Carlos Pinho, Bruno de Carvalho perderia as eleições: “o Sporting merece outra pessoa à frente do clube que é uma grande instituição”.

 

Deixe uma resposta

Top