Estás aqui!
Home > Liga Nos > Leões escorregam na Moreira (CRÓNICA COM GOLOS)

Leões escorregam na Moreira (CRÓNICA COM GOLOS)

Moreirense 1×1 Sporting | Liga NOS, 7ª jornada

A formação de Moreira de Cónegos recebeu esta tarde a, até agora, equipa imbatível do Sporting CP.

Os leões entraram em campo com apenas uma alteração, a troca de Acuña por Bruno César, alegadamente, para deixar o extremo argentino fazer uma melhor gestão física.

O jogo começou bastante partido, com boas ocasiões para ambas as balizas. Do lado da formação leonina, foi Alan Ruiz quem meteu medo à defesa da Moreira, enquanto que na baliza contrária, foi Rui Patrício a salvar do golo quase certo de Peña.

A partir da meia hora de jogo, começou a notar-se a diferença na resistência das duas equipas. A equipa de Jorge Jesus pegou no jogo e começou a criar grandes dificuldades ao plantel visitado.

Ao passar do minuto 35′, grande polémica a envolver o árbitro que controlava os ataques da equipa da casa. Zizo ficaria completamente isolado diante de Rui Patrício, recebendo um excelente passe vindo de trás do meio campo, ou seja, que não poderia estar em posição irregular, no entanto, o assistente apitou o fora de jogo, incorretamente.

Apesar do domínio dos leões, quem acabaria por marcar o primeiro do encontro haveria de ser um homem de Moreira de Cónegos. Rafael Costa apanhou a bola à entrada da área e mandou uma bomba para dentro da baliza. Ainda desviou em Fábio Coentrão, o que tirou qualquer hipótese de defesa a Rui Patrício.

O intervalo chegaria pouco depois…

Alan Ruiz por Doumbia, o que mudaria…?

Não mudou nada! Muito poucas ideias ofensivas da formação leonina. Bas Dost que deveria ser o ponta de lança, com o apoio de Doumbia, funcionou tudo ao contrário.

Os leões tinham de dominar o encontro, e foi isso que fizeram. Começaram a encostar a formação de Moreira de Cónegos lá atrás e mais cedo ou mais tarde, já se previa o que iria acontecer. Foi aos 61′, que o Sporting chegou à igualdade no marcador. Após um canto, William Carvalho rematou e a bola a desviar em Aberhoune para dentro da baliza.

O Sporting não perdeu tempo e rapidamente procurou chegar à vantagem no marcador. Aprimeira tentativa foi por intermédio de Gelson, que apenas com o guarda-redes pela frente, enviou a bola ao travessão da equipa da casa.
Até final do jogo, muito pouco para contar. Os leões dominaram quase sempre, mas o golo da vitória não apareceu, e o Sporting vê assim o FC Porto fugir na liderança do campeonato.

Deixe uma resposta

Top