Estás aqui!
Home > Benfica > A genialidade dos “grandes” do futebol português

A genialidade dos “grandes” do futebol português

Na jornada 17 da Liga NOS podemos assistir a grandes jogos com grandes golos. Neste artigo pretende-se destacar três golos que para demonstram o porquê destes jogadores estarem a jogar nas melhores equipas de Portugal.

Fábio Martins deu a vitória ao SC Braga num jogo complicado frente ao Rio Ave.

Jonas marcou o golo da tranquilidade para o SL Benfica frente ao Moreirense.

Brahimi marcou o golo da reviravolta do FC Porto frente ao Vitória de Guimarães.

Muitas vezes nos questionamos sobre qual a diferença entre os jogadores de “equipas grandes” e os de equipas teoricamente mais fracas. Por vezes, a garra e a entrega dos jogadores das “equipas pequenas” fazem-nos parecer que os jogadores são muito iguais e que não há grande diferença entre os “grandes” e os “pequenos”.

Contudo, olhando para estes três golos acima, conseguimos perceber o porquê destes três jogadores estarem nas “equipas grandes” portuguesas e os outros não, o porquê destes serem os “grandes” e os outros os “pequenos”. Qualidade incrível demonstrada nestes três golos.

De realçar que os três golos foram conseguidos em alturas fulcrais para as equipas e em jogos em que o desfecho poderia ser completamente diferente, pois encontravam-se equilibrados até ao momento destas obras de arte, o que torna estes lances ainda mais especiais.

Decio Andrade
O futebol foi sempre a minha preferência perante tudo o resto. Desde cedo que esta paixão nasceu, como adepto, como federado e agora, com a oportunidade de escrever sobre este desporto apaixonante.

Deixe uma resposta

Top