À espreita da titularidade, SL Benfica na Taça da Liga

À espreita da titularidade, SL Benfica na Taça da Liga

21 Setembro, 2017 Não Por Decio Andrade

O SL Benfica não conseguiu voltar às vitórias, somando mais um empate, desta feita contra o SC Braga, num jogo de menor importância, na teoria, visto que se trata da Taça da Liga.

Apesar da boa exibição e da superioridade apresentada, frente a um bom SC Braga, os encarnados não conseguiram a tão desejada vitória. Falta de profundidade no corredor esquerdo, face ao lateral utilizado, Eliseu. Gabriel Barbosa aquém do esperado, Rafa igual. Filipe Augusto e Samaris a se colocarem junto dos defesas centrais e não conseguem criar desequilíbrios, pois apresentam-se com 11 jogadores atrás da bola e com pouco espaço para jogar.

Após mais um desaire da equipa encarnada, podemos concluir que Rúben Dias tem de ser das primeiras escolhas do SL Benfica, quer faça dupla com Jardel ou com Luisão, o que é certo é que tem de ser titular. Qualidade nas coberturas, qualidade nas abordagens ao adversário, posicionamento sempre correto, sendo que é em organização ofensiva que se destaca de todas as outras opções de Rui Vitória, pois consegue ‘comer’ metros com a bola controlada, libertando alguns colegas de equipa.

Para além de Rúben Dias, temos de destacar Krovinovic, sendo este dos melhores jogadores em campo a par do jovem defesa central. Qualidade técnica incrível, qualidade no passe e uma excelente visão do jogo. Jogou, fez jogar e esteve muito perto do golo num remate muito bem conseguido na segunda parte. Conseguiu ajudar nas tarefas defensivas, cobrindo as saídas à bola de Filipe Augusto e Samaris. Jogou atrás de Jiménez, sendo que costuma jogar numa posição mais recuada, contudo conseguiu uma grande exibição.

O SL Benfica vive um período menos bom, estando sem ganhar à três jogos consecutivos. No próximo jogo, os encarnados recebem o Paços de Ferreira e a meu ver, com a utilização dos dois jogadores acima referidos, as vitórias podem voltar ao reino da Luz.